NOTÍCIAS
  • Compartilhar:
20/07/2017

Programa AgroBrazil: adidos agrícolas conhecem realidade agropecuária de Miranda

O programa de Intercâmbio AgroBrazil da CNA – Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil proporcionou aos participantes nessa terça-feira (18), a visita em uma propriedade rural localizada no município de Miranda, localizado a 200 quilômetros de Campo Grande, que é referência na produção sustentável.

O grupo foi recepcionado pelos administradores da propriedade que apresentaram o histórico da empresa e as tecnologias utilizadas para produção de soja, milho e pecuária de corte.

Segundo o consultor do Sistema Famasul, Clóvis Tolentino, na palestra foram elencadas todas as etapas de funcionamento, da empresa rural. “A propriedade visitada atende todos os procedimentos relativos a normas de segurança, direitos trabalhistas e qualidade de vida. Além disso é exemplo nacional em produtividade aliada a proteção ambiental da fauna e flora da região”, detalha.

Depois de receber as informações técnicas, os participantes acompanharam uma visita de campo para fazer o reconhecimento da pastagem, rebanho e o processo de colheita de milho. Entre as tecnologias adotadas está o sistema de integração lavoura e pecuária, que proporciona a produção de grãos, intercalada com forrageiras utilizadas na alimentação do rebanho.

Na avaliação do gestor da Unidade Técnica do Sistema Famasul, Justino Mendes, as demonstrações oferecidas na propriedade foram fundamentais para os participantes, oriundos de diferentes continentes do globo. “Nossos convidados conseguiram aproveitar completamente a visita, pois, receberam informações técnicas e ainda ouviram depoimentos importantes sobre a mudança de comportamento dos colaboradores, após participarem de capacitações profissionais do Senar/MS – Serviço Nacional de Aprendizagem Rural”, pontua.

A referência feita por Mendes diz respeito à afirmativa dos administradores da propriedade que identificaram a redução no número de acidentes envolvendo funcionários, após participarem de cursos de formação profissional rural. “Segundo a equipe gerencial, todo colaborador admitido participa de treinamentos sobre o trabalho que irá realizar, seja do manejo de animais até aplicação de medicamentos. O resultado é maior segurança e eficiência para executar as atividades. Outro destaque são os cursos de promoção social voltados a produção de alimentos e artesanatos e que contemplam os familiares”, complementa o gestor.

Programação – Nesta quarta-feira (19), os visitantes prosseguem com a visita em outra propriedade modelo da região. O local é destaque na produção de arroz e na relação produção agrícola e preservação do ecossistema pantaneiro.

Segundo a superintendência de relações internacionais da CNA, o objetivo do programa é oferecer aos diplomatas que ficam cedidos em Brasília (DF), a oportunidade de conhecer com mais detalhes a produção agropecuária nacional, por intermédio de visitas nas propriedades rurais.

O grupo de adidos é formado por Andile Maxwell Hawes, da África do Sul; Javier Dufourquet, da Argentina; Changqing Bai, da China; Young Seup Kwon, Coréia do Sul; Sudarsono Soedirlan, Indonésia; Thway Thaut, de Myanmar; Terrapong Vanichanon, da Tailândia.

  • Compartilhar: