NOTÍCIAS
  • Compartilhar:
20/07/2021

Com apoio de produtores rurais, professores da REME realizam curso de pós-graduação.

O Sindicato Rural de Maracaju, entidade que representa a classe de produtores rurais do município, também trabalha na capacitação de pessoas para ingressar no mercado de trabalho. São centenas de trabalhadores que já estão contratados devido a formação profissional que o cargo exige e que foram oferecidas gratuitamente pelo sindicato.
 
 
Buscando manter e ampliar os projetos, a diretoria da entidade reuniu-se com membros da Prefeitura de Maracaju para discutir parcerias para os próximos meses. Na presença dos representantes das secretarias de Educação, Assistência Social, Desenvolvimento e da primeira dama do município, Meire Calderan, foram apresentados dados e informações sobre as atividades do Sindicato Rural nos últimos anos.
 
 
 
 
Entre eles, está o curso de pós-graduação “Inteligência Socioemocional” que foi oferecido pelo Sindicato Rural de Maracaju a professores da REME - Rede Municipal de Ensino. “Em 2018 estivemos em visita à Fundação Nishimura com alguns professores, onde foi apresentado cursos de capacitação a esses profissionais. Hoje estamos com dezoito educadores da rede pública realizando a pós-graduação. Eles estarão aptos a oferecer um método de ensino inovador que é utilizado na Fundação Nishimura e que vem de encontro ao momento em que vivemos, com mudanças significativas devido a pandemia. Acreditamos que como apoio da prefeitura, acatando a nossa proposta de levar essa qualificação a todos os professores da rede, conseguiremos ampliar esse projeto e proporcionar um ensino inovador”, revela o Presidente do Sindicato Rural, Fabio Caminha.
 
 
O curso de pós-graduação oferecido aos professores está sendo custeado por um grupo de produtores rurais de Maracaju.
 
 
As secretarias de Assistência Social, Educação e Desenvolvimento apresentaram exemplos de projetos, que podem ser feitos em parceria, voltados a educação, capacitação e o cuidado com a estrutura familiar.
 
 
“Foi um bate papo muito bacana, é preciso capacitar os jovens da nossa cidade para o futuro, e isso precisa começar desde cedo. Precisamos incentivar a profissionalização dos estudantes, capacita-los para o primeiro emprego. Nosso objetivo é uma cidade cada vez mais desenvolvida, temos muito trabalho pela frente, para termos uma Maracaju melhor para todos”, contou a Primeira-Dama.

 

  • Compartilhar: